Blog

Como proteger seus dados de um apagão?

No final de agosto, os nove estados do Nordeste sofreram um apagão, causada por uma queimada em uma fazenda do Piauí. Tragédias desse estilo são imprevisíveis e podem causar danos irreversíveis. Servidores podem ficar comprometidos, dados corrompidos e a única saída para a empresa é a confiança nas rotinas de backup. Porém, diversas medidas são necessárias para garantir a segurança dos dados.

Uma boa rotina de backup reduz o downtime, que é o tempo de indisponibilidade do sistema ou serviço de uma empresa, diminui a sobrecarga e reduz a perda de dados. E tudo isso é executado de forma quase transparente, com poucas pessoas sabendo que está sendo feito.

Boas práticas

Princípio básico de um backup, é salvar cópias dos dados em outro local, de preferência que esteja a salvo de danos locais. Ou seja, uma boa prática é fazer o backup para uma nuvem, seja ela própria ou um cloud server contratado. A ideia é salvar os dados em um local seguro e disponível sempre que necessário. Neste caso é ideal um sistema de backup capaz de fazer a réplica dos dados para a nuvem e que o faça utilizando o mínimo possível de banda.

Utilizar o mínimo de espaço possível para realizar o backup, evitando cópias repetidas de dados, reduz a dificuldade de encontrar o arquivo correto, a versão mais recente.

É importante focar, também, na recuperação dos dados e na velocidade e complexidade com que é executada. As organizações geralmente mantêm seu foco nas rotinas e configurações de pastas e dados para o backup, e acabam negligenciando a recuperação dos dados. Esta, por sinal, é a parte crucial de realizar a guarda de dados, uma vez que seria desperdício de tempo guardar os dados e torná-los indisponíveis.

Testes rotineiros e aleatórios da integridade dos dados que estão em backup podem garantir que os dados estão intactos, além de possibilitar estimativas do tempo de recuperação dos arquivos.

Em um apagão, como o que ocorreu no Nordeste, a recuperação dos dados deve ser instantânea e a certeza de que existem cópias intactas dos dados cruciais para a empresa deve existir. Escalar os serviços ou pastas da rede por ordem de uso ou criticidade, recuperando-os primeiro, pode garantir agilidade na retomada das atividades após a pane. Assim, os arquivos menos importantes podem ficar para depois.

Manter uma imagem do sistema operacional em um servidor reserva (virtual ou físico) é importante em caso de um defeito físico ou falha do sistema. O importante é ter a possibilidade de recuperação de dados.

Sua empresa está preparada para um desastre desse tipo?

GetCard Host

Posts relacionados

Previsão de vendas: o que você precisa saber

Previsão de vendas: o que você precisa saber

Você sabe o que é previsão de vendas? Ou melhor, você sabe como fazer o cálculo correto? Caso a resposta seja não, chegou a hora de entender de uma vez por todas o que são as previsões de vendas. De uma forma resumida, a previsão de vendas funciona como uma atividade relacionada ao controle de

Leia Mais »

Condições de pagamento: como oferecer maior variedade em seu negócio

Vender é sempre a principal solução para qualquer negócio. Mas essa solução, apesar de parecer simples, não é nada fácil. A ciência de vender é rica e cheia de nuances, especialmente quando falamos das condições de pagamento, que tocam justamente no ponto mais sensível dessa relação. Oferecer as melhores opções exige conhecimento e preparo. As

Leia Mais »
gateway

Gateway de pagamento: como e porque usar em seu e-commerce

A compra através de e-commerces aumentou em 73,88% no de 2020, confirmando de vez sua popularidade, comodidade e também o aumento na acessibilidade para compras em ambiente online, viabilizada por diferentes soluções que vêm transformando os hábitos de consumo do brasileiro, e o gateway de pagamento é uma das soluções mais importantes a otimizar esse

Leia Mais »