Blog

Gateway de pagamento: como e porque usar em seu e-commerce

A compra através de e-commerces aumentou em 73,88% no de 2020, confirmando de vez sua popularidade, comodidade e também o aumento na acessibilidade para compras em ambiente online, viabilizada por diferentes soluções que vêm transformando os hábitos de consumo do brasileiro, e o gateway de pagamento é uma das soluções mais importantes a otimizar esse processo.

O que é o gateway de pagamento?

O caminho do usuário até concretizar uma compra pode ser afetado por uma série de fatores, que precisam ser estudados e otimizados. O abandono do carrinho de compras certamente é um dos principais problemas. Mais de 80% dos carrinhos de compra são abandonados antes de a compra ser concluída, e o gateway de pagamentos vem resolver seus principais dilemas.

Basicamente, ele oferece um conjunto de soluções para o sistema de compras de seu site, que costuma ir muito além das meras opções básicas para transação que suas concorrentes oferecem.

Diferentes das subadquirintes, que funcionam como “maquininhas de cartão” online, o gateway não leva o cliente para uma página externa, o que costuma gerar desconfiança em muitos consumidores, que acabam abandonando o carrinho. Oferecer um protocolo seguro e transação completa direto na página é uma tática importante para aumentar sua taxa de conversão.

O gateway de pagamento integra uma variedade de opções de pagamento direto em sua página, se comunicando com diferentes adquirentes através do mesmo sistema, tudo isso sem gerar as diversas taxas individuais de venda por bandeira como fazem suas concorrentes.

4 benefícios do gateway de pagamento

Além da facilidade de integrar diferentes opções de pagamento para e-commerce dentro de sua página, o gateway vai além do cartão de crédito, oferecendo opções para pagamentos em débito, PIX, boleto bancário, créditos e muitos outros modelos integráveis, confira as suas vantagens:

1. Facilidades para o cliente

O principal inimigo das conversões são as dificuldades de navegação. Imagine que o cliente gosta de um produto, de seu preço mas, na hora de fazer o pagamento, não consegue navegar da maneira adequada, não acha o site seguro, não encontra opção para seu cartão, tampouco tem boas condições de pagamento. Uma venda pode ser perdida por fatores que poderiam ser melhorados.

A variedade de pagamentos é importante para ganhar a preferência de seus clientes: melhores condições de parcelamento e menores taxas é igual a oportunidades de comprar mais produtos e aproveitar um único frete.

Boas opções de compra, muitas vezes, acaba sendo até mais importante que bons preços, e com o gateway de pagamentos você consegue escolher métodos de pagamento e bandeiras para priorizar, oferecendo ainda mais qualidade no parcelamento.

Erros ao concretizar a venda podem acontecer, e como a lei do menor esforço é importante nas vendas online, o trabalho de refazer todo o carrinho no caso de um erro pode ser um fator de desistência para o cliente.

Caso o cliente tenha o cartão recusado, o gateway recupera seu carrinho e oferece outras alternativas ou uma nova opção para refazer a compra.  Muitos clientes montam seu carrinho mas levam algum tempo para concluir a compra, e o gateway de pagamento oferece a opção de retomá-lo em um momento mais oportuno.

2. Menores custos para o lojista

Muitos lojistas acabam não optando por diversificar seus meios de pagamento pelo receio de ter de pagar uma série de taxas e ter aproveitamento mínimo, ter de pagar taxas individuais de venda e ainda precisar manejar várias plataformas diferentes para organizar seus recebíveis.

O sistema Gateway ajuda a unificar e organizar esses custos, assim você consegue garantir uma expansão menos burocrática e mais econômica, já que o custo diminui individualmente para cada venda quando o seu montante de vendas aumenta.

3. Painel completo

Manter o controle de recebíveis é fundamental para ter um balanço cada vez mais detalhado e entender seu volume e data, para ter projeção orçamentária e se planejar para ocasionais necessidades de adiantamento de recebíveis, evitando rupturas em seu capital de giro.

Você pode acompanhar em detalhes esses dados para criar um banco de informações que podem se transformar em boas análises táticas no futuro.

Se você compartilha seu estoque de e-commerce com loja, o gateway de pagamentos pode oferecer uma integração de seu e-commerce com outras plataformas de gestão, como o sistema ERP, fundamental na organização de seu estoque.

4. Segurança contra fraudes

Junto com o aumento das vendas em e-commerces, infelizmente aumentou também o número de fraudes, e elas são diversas. Vender produtos pela internet exige uma série de etapas de segurança de dados, tanto com os do cliente quanto com os seus próprios.

Os sistemas antifraude dos gateways são providos de inteligência estatística para identificar compras anormais e as temidas fraudes chargeback.

Com a GetCard você encontra diversas soluções de vendas, além de discussões e dicas para lojistas aumentarem a organização e conversões em seus comércios, temos conteúdos novos todas as semanas para você se informar e ter ideias para otimizar cada dia mais seu negócio!

 

Posts relacionados

Previsão de vendas: o que você precisa saber

Previsão de vendas: o que você precisa saber

Você sabe o que é previsão de vendas? Ou melhor, você sabe como fazer o cálculo correto? Caso a resposta seja não, chegou a hora de entender de uma vez por todas o que são as previsões de vendas. De uma forma resumida, a previsão de vendas funciona como uma atividade relacionada ao controle de

Leia Mais »

Condições de pagamento: como oferecer maior variedade em seu negócio

Vender é sempre a principal solução para qualquer negócio. Mas essa solução, apesar de parecer simples, não é nada fácil. A ciência de vender é rica e cheia de nuances, especialmente quando falamos das condições de pagamento, que tocam justamente no ponto mais sensível dessa relação. Oferecer as melhores opções exige conhecimento e preparo. As

Leia Mais »
Precificação

Precificação: definição e dicas estratégicas de como realizar

Precificação, como o próprio nome sugere, é o ato de colocar preço em seu produto, seja ele material ou um serviço. O preço ideal deve ser justo e coerente com qualquer que seja seu produto/serviço, para então fazer o capital de giro da sua empresa. Precificar corretamente garante também uma renda mensal fixa e, como

Leia Mais »